Atividades físicas no inverno: tudo o que você precisa saber

Você faz atividades físicas no inverno? Exercícios são importantes em qualquer época do ano. Mas nessa estação, eles podem exercer um papel ainda maior para o corpo. Isso porque as baixas temperaturas exigem mais consumo de energia pelo organismo, para mantê-lo aquecido.

Assim, você deve perceber que as mãos e pés ficam mais gelados no inverno. Isso ocorre porque o corpo está concentrado em enviar energia para sistemas e órgãos vitais. Dessa forma, os principais eles ficam aquecidos.

Mas por outro lado as extremidades ficam mais frias. Esse é um processo normal, já que ficar com as extremidades do corpo mais geladas não trará nenhum tipo de prejuízo para a pessoa (tirando o incômodo, claro).

Então, quanto mais você ficar parado, mais difícil será para o corpo se manter aquecido, sobretudo às mãos e os pés. Os exercícios, nesse sentido, são muito importantes. Mas é preciso tomar alguns cuidados na hora de praticá-los. O inverno modifica, por exemplo, o metabolismo do organismo. A seguir, saiba tudo sobre atividades físicas no inverno.

Diminua a dor com atividades físicas no inverno

O frio traz com ele muitas queixas de dor. Mas isso pode diminuir com exercícios físicos corretos. Podemos citar 4 fatores que são causadores de dor no inverno:

  • Maior dificuldade na irrigação sanguínea;
  • Contração dos vasos sanguíneos;
  • Maior tensão das fibras musculares;
  • Uma considerável redução na lubrificação das articulações.

Assim, tudo isso acontece porque os vasos sanguíneos das regiões periféricas recebem menos sangue. Toda a energia do corpo está voltada para órgãos como os pulmões, coração e cérebro. E todos esses fatores se tornam uma bola de neve para o indivíduo.

A pessoa deixa de praticar exercícios por conta da dor, mas, por causa disso, a dor aumenta. Portanto, só há uma forma de diminuir os efeitos do frio no corpo: praticar atividades físicas.

Priorize o aquecimento

Praticar atividades físicas no inverno exige uma atenção redobrada no aquecimento e no alongamento. Isso porque os músculos ficam mais contraídos com o frio. Começar uma atividade sem o aquecimento correto pode resultar em lesões e mais dor.

Assim, ao realizar um exercício em baixas temperaturas, preste atenção nessas dicas:

  • Dê uma atenção maior para o alongamento dos membros que usará mais na atividade;
  • Faça um aquecimento maior do que o habitual com duração de, no mínimo, 20 minutos;
  • Não pare a atividade de forma abrupta e, se necessário, faça um intervalo breve, para o corpo não esfriar novamente;
  • Se hidrate, pois mesmo no inverno o corpo exige hidratação antes, durante e após a atividade;
  • Use roupas adequadas, leves e confortáveis, mas que, ao mesmo tempo, deixem o corpo aquecido.

Mais vantagens das atividades físicas no inverno

Além de diminuir a sensação de frio e ajudar a esquentar o corpo, os exercícios feitos durante o inverno apresentam outros benefícios para o organismo. Confira os principais:

  • Gaste mais calorias: para se manter aquecido, o corpo gasta mais calorias. Durante um exercício no inverno, o corpo trabalhará ainda mais. Estudos já mostram que atividades físicas no inverno aumentam até 30% as calorias queimadas;
  • Mantenha seu peso: no inverno, geralmente, ingerimos mais calorias e abusamos com certos alimentos. Assim, uma rotina de exercícios vai te ajudar a controlar seu peso;
  • Controle melhor seu sono: deixar a preguiça de lado durante o inverno pode ser benéfico para o seu sono. O descanso para pessoas que fazem alguma atividade costuma ser mais intenso. Além disso, a pessoa adormece mais rápido;
  • Combata doenças: no inverno, gripes, resfriados e outras doenças são comuns na maioria das pessoas. A atividade física vai fortalecer o organismo, fazendo com que ele se proteja melhor contra essas doenças. Assim, você terá maior resistência com relação a pessoas sedentárias.

Além dessas enormes vantagens para a saúde, os parques e academias ficam menos disputados nessa época do ano. Isso pode ser mais um incentivo para pessoas que querem adotar esse hábito no inverno.

Atividades para praticar nessa época do ano

Ao decidir começar uma atividade física no inverno, você terá que escolher entre dois grandes grupos de exercícios:

  • Atividades indoor: sua realização corre em um espaço fechado e para proteger as pessoas do vento forte e gelado, principalmente;
  • Atividades ao ar livre: exigem maior atenção no tipo de roupa você vai usar.

Algumas atividades indoor

Entre as principais atividades realizadas em ambiente fechado durante o inverno, podemos citar:

  • Escalada: os ginásios de escalada contam com profissionais qualificados e uma estrutura completa. Esse exercício exige um esforço físico razoável, aumenta a adrenalina e pode te ajudar a esquentar um dia frio;
  • Musculação: é uma das atividades mais comuns. O instrutor, nesse caso, pode te orientar para que haja uma adaptação dos movimentos por conta do frio;
  • Artes marciais: além de manter o corpo em forma, as lutas marciais trabalham com a mente. São ótimas para evitar lesões, mas sempre com orientação e começando aos poucos;
  • Futsal e vôlei: são esportes de quadra e exigem roupas e calçados certos. Mas além de ajudar a esquentar o corpo, promove a interação, já que são esportes coletivos;
  • Natação: no inverno, a natação em piscina aquecida pode ser uma aliada para seu sistema respiratório, evitando gripes e resfriados. Mas, cuidado com o choque término, por isso não mude de ambiente de forma abrupta;
  • Pilates e Yoga: favorecem muito o sistema circulatório, além de trazer um maior relaxamento ao corpo, que já está mais tenso por causa do frio.

Atividades físicas no inverno ao ar livre

As atividades ao ar livre no inverno são as mesmas de qualquer época do ano. O grande diferencial é na roupa utilizada. Procure utilizar roupas confortáveis como, por exemplo, o moletom. E também dê uma atenção ao tipo de calçado. Utilize um tênis ideal para essas atividades. Entre os principais exercícios realizados ao ar livre, estão:

  • Caminhadas e corridas: ajudam na circulação do sangue. Mas comece devagar e vá aumento o ritmo aos poucos, para seu sistema respiratório se acostumar com o ar mais frio;
  • Andar de bicicleta: esse exercício queima bastante caloria e ajuda no sistema cardiorrespiratório. Mas é importante a hidratação com água e bebidas eletrolíticas. Além disso, proteja do frio as extremidades do corpo e o pescoço.

Por fim as atividades físicas no inverno são essenciais para manter o corpo aquecido e queimar aquelas calorias extras ingeridas nessa época. Porém, não deixe de dar muita atenção no processo de aquecimento e no tipo de atividade.

Para quem sofre de alguma doença respiratória, como asma por exemplo, a orientação do médico é muito importante. Lembre-se, a atividade física precisa ser prazerosa e não causar mais desconforto para o corpo.

Agora é só seguir essas dicas e começar a fazer os treinos de sua escolha nessa época do ano. Assim você vai driblar o frio e ter ainda mais saúde e bem-estar em seu dia a dia.