0 0
0 0
Foram encontrados 69 produtos nesta categoria (em 0,027 segundos)
Ordenar por:
25% OFF
Livro - Manual de Diálise - Daugirdas
21% OFF
Livro - A Escolha Certa na Doença Renal Crônica - Um Manual para Pacientes e Familiares - Nonato
Foram encontrados 69 produtos nesta categoria (em 0,027 segundos)
Ordenar por:

Como manter seus rins saudáveis?

O funcionamento adequado dos rins é algo imprescindível para manter sua saúde. Seu papel no corpo humano é de filtrar todas as impurezas do organismo, além de ajudar na hidratação do organismo e produzir hormônios necessários para que você fique saudável.

Mas apesar de todas essas características, muitas vezes a atenção para esses órgãos acaba sendo negligenciada. Por isso veja a seguir uma série de dicas para mantê-los sempre saudáveis e protegidos. Se você seguir alguns cuidados básicos terá muito mais qualidade de vida. Portanto, saiba como manter seus rins saudáveis!

O que você precisa entender sobre os rins

Primeiramente, pode-se dizer que os rins são responsáveis por manter o funcionamento do organismo. Com apenas 12 centímetros, esses órgãos localizados atrás das costelas tem quatro papeis fundamentais para a nossa saúde:

  • Filtragem do sangue, eliminando todas as toxinas presentes nele;
  • Regulagem da pressão sanguínea em todo o corpo;
  • Regulagem da formação do sangue e dos ossos pela produção de hormônios;
  • Controle de líquidos e de substâncias químicas produzidas pelo corpo.

Tudo isso acaba impactando na forma como as pessoas vivem e em sua saúde de forma geral. Assim sendo, é muito importante dar uma atenção especial aos rins e seguir alguns cuidados.

Alimentação equilibrada

O que você come tem um impacto direto na saúde de seus rins. Isso porque alimentos ricos em gordura e açúcares, junto do excesso de sal, impacta no funcionamento dos órgãos. Além disso, a obesidade também acaba prejudicando muito a forma como eles desempenham suas funções.

Realização de atividades físicas

Se manter em forma e saudável é bom para o corpo todo. Mas focando-se especificamente nos rins, uma rotina de atividades físicas auxilia no fortalecimento dos órgãos para desempenhar suas funções. Além disso, isso previne doenças como diabetes e hipertensão.

Hidratação adequada

Certamente você já ouviu falar da relação entre a ingestão de pelo menos dois litros de água para a saúde de seus rins. Sabe por que? É que o líquido ajuda os órgãos a transportar nutrientes para o corpo todo, além de eliminar resíduos e toxinas do organismo.

Abandone o tabagismo e controle o álcool

É muito importante que você abandone o cigarro e controle o álcool de forma significativa. Isso porque essas duas substâncias trazem várias doenças que prejudicam diretamente os rins, como a hipertensão e o aumento de gordura na região. Os efeitos para a saúde são gravíssimos.

Cuidado com a ingestão de remédios

Existem vários medicamentos que podem ter uma ação direta nos rins. Isso porque algumas das substâncias encontradas nos remédios compromete o funcionamento dos órgãos. Por isso, não se medique por conta própria e sempre que for preciso procure a ajuda de um médico.

Considerações importantes sobre os rins

Além de seguir esses cuidados, existem outros aspectos que você também precisa dar uma atenção especial. O que acontece é que existem alguns fatores de risco que podem impactar em sua saúde renal, como por exemplo:

  • Idade mais avançada, a partir dos 65 anos;
  • Histórico de parentes ou membros da família com doenças renais;
  • Origem africana, hispânica, africana ou asiática;
  • Alguma doença como as citadas acima (diabetes, hipertensão ou obesidade).

Esses fatores acabam influenciado de forma direta na saúde de seus rins. Na medida em que esses órgãos não funcionam corretamente, há diversas doenças que podem acomete-los. No entanto, três delas são as mais comuns e afetam diretamente a maioria das pessoas.

Cálculos renais

Acontecem quando o metabolismo do órgão deixa de funcionar corretamente. Como resultado, ele deixa de cumprir seu papel e pode prejudicar gravemente a sua saúde.

Nefropatia hipertensiva e diabética

A partir do desenvolvimento das duas doenças, os rins acabam sendo afetados. Assim, eles deixam de filtrar impurezas e acabam debilitando cada vez mais a saúde da pessoa.

Glomerulonefrites

Essa doença se caracteriza por uma inflamação no glomérulo, unidade funcionado dos rins. Quando isso acontece, tanto a formação da urina quanto a filtragem do sangue são afetadas.

Diagnóstico e tratamento

Na medida em que qualquer uma dessas continuações surgem nos rins, a pessoa começa a sentir alguns sintomas específicos, como por exemplo:

  • Alterações e diminuição da quantidade de urina;
  • Retenção de líquidos, causando inchaço no corpo;
  • Fadiga e sonolência fora do comum;
  • Episódios de falta de ar e falta de fome;
  • Náusea e vômitos;
  • Dor ou pressão no peito;
  • Em casos mais graves, convulsões e coma.

Todos esses problemas indicam que os seus rins podem estar passando por uma situação grave. Por isso nesses casos é preciso procurar um nefrologista o quanto antes e verificar o que está acontecendo. Ele poderá indicar os tratamentos mais adequados para você:

  • Controle de dieta e glicose no sangue;
  • Uso de medicamentos como antibióticos;
  • Mudança de hábitos e estilo de vida em geral;
  • Em situações mais graves, hemodiálise.

Algumas dicas finais para você

Diante dessas informações e da forma como seus rins podem ser afetados, a prevenção ainda é o melhor caminho. A melhor forma de fazer isso é seguindo as dicas acima, além de contar com um médico especializado para checkups periódicos. É claro que você deve cuidar de sua saúde de forma geral, e nesse sentido um clínico geral pode ajudar bastante.

Algo muito importante para se destacar dentro desse contexto é manter o controle de outras doenças que podem afetar os rins. Como você pode perceber, grande parte delas está ligada a sua alimentação e ao estilo de vida que leva. A diabetes e a hipertensão são exemplos disso.

Assim sendo, você precisa levar um estilo de vida saudável para priorizar o bem-estar de seus rins. Acima de tudo, ser uma pessoa ativa, com hábitos saudáveis e que segue as orientações de seu médico fará toda a diferença em prol de sua saúde e bem-estar.

Por fim, não se esqueça que apesar da idade ser um dos principais fatores de doenças nos rins, alguns problemas com os órgãos pode se manifestar ainda na infância. Por isso é preciso dar a devida atenção para eles desde cedo, pois isso é fundamental para o crescimento e desenvolvimento saudável de toda e qualquer pessoa.

 

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca
Newsletter
CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS: